Construindo Pontes





Dois irmãos moravam em fazendas vizinhas, separadas apenas por um riacho. Durante anos, percorreram uma estreita e comprida estrada que corria ao longo do rio para, ao final de cada dia, desfrutarem um da companhia do outro. Apesar do cansaço, faziam-no com prazer, pois se amavam.

Mas, agora tudo havia mudado. O irmão mais velho ficou furioso com o irmão mais novo por causa de um erro na contabilidade que o fez tomar prejuízo. Então, houve uma briga grande entre eles! Os dois discutiram e aquela pequena falha se transformou numa troca de ofensas, seguida por semanas de total silêncio entre eles.

Certa manhã, o irmão mais velho ouviu alguém bater a sua porta. Ao abrí-la, notou um homem com uma caixa de ferramentas de carpinteiro, que foi logo dizendo:  estou procurando um trabalho posso ajudá-lo?

-Sim! - disse o fazendeiro - claro que tenho trabalho para você.  Veja aquela fazenda além do riacho...é de meu irmão mais novo. Brigamos muito e não posso mais suportá-lo, quero que você me construa uma cerca bem alta ao longo do rio para que eu não mais precise vê-lo. 

O carpinteiro disse: - mostre-me, onde está o material que farei um trabalho que lhe deixará satisfeito. Como precisava ir à cidade, o irmão mais velho ajudou o carpinteiro a encontrar o material e partiu. O homem trabalhou arduamente durante todo aquele dia e já anoitecia quando terminou a sua obra.

O fazendeiro ao retornar não pôde acreditar no que via! Não havia qualquer cerca! Em seu lugar estava uma ponte que ligava um lado do riacho ao outro. Era realmente um belo trabalho, mas enfurecido, ele exclamou:

-você é muito insolente em construir esta ponte, depois de tudo que lhe contei!

De repente viu seu irmão mais novo aproximando-se da outra margem, atravessando a ponte correndo com seus braços abertos dizendo-lhe:

-Meu irmão! Você mandou construir essa ponte, mesmo depois dos erros que cometi! Quero que você saiba que você é mais que um irmão pra mim, você é meu melhor amigo e eu estava com muitas saudades! Eu te amo irmão! Eu sabia que você não era uma pessoa ruim!

Emocionados, correram um na direção do outro, abraçando-se e chorando no meio da ponte. Então, viram o carpinteiro arrumando suas ferramentas e partindo.

- não, espere! - disse o mais velho - fique conosco mais alguns dias, tenho muitos outros projetos para você.

e o carpinteiro respondeu: "adoraria ficar, mas tenho muitas outras pontes para construir".

Mas o fazendeiro insistiu:

_Como assim?! Pelo menos diga o seu nome para que eu possa sempre me lembrar do senhor.

_ Meu nome? Meu nome é JESUS. Respondeu o carpinteiro, indo embora em seguida.

Autor: desconhecido

"Então Pedro aproximou-se de Jesus e perguntou: "Senhor, quantas vezes deverei perdoar a meu irmão quando ele pecar contra mim? Até sete vezes?" Jesus respondeu: "Eu digo a você: Não até sete, mas até setenta vezes sete” (Mateus 18:21-22).


“pois se perdoarem as ofensas uns dos outros, o pai celestial também lhes perdoará. mas se não perdoarem uns aos outros, o pai celestial não lhes perdoará as ofensas" (Mateus 6:14,15).

Precisa de oração? Deixei seu pedido aqui abaixo!

© 2020 Projeto Mente Renovada.

Orgulhosamente desenvolvido por creisconsultoria.com

creis logo.webp