Pandemia - Estamos Vivendo um Sinal do Fim dos Tempos?





O mundo ainda sofre os impactos danosos da pandemia causada pelo novo coronavírus, que já ceifou milhares de vidas em todos os continentes. Em meio a este cenário desastroso e incerto, muitos questionam se estamos vivendo um sinal do fim dos tempos. A Bíblia diz algo a respeito? O que devemos saber e como agir?


A Bíblia registra alguns eventos característicos da aproximação do fim dos tempos, que ocorrerá após a volta gloriosa do Senhor Jesus à terra.


Quando indagado pelos seus discípulos acerca do sinal que haveria da sua vinda e do fim do mundo, o Senhor Jesus revelou que surgiriam guerras, grandes terremotos, fomes e pestilências no mundo, além de outros acontecimentos que marcariam o que chamou de "princípio das dores", expressão comparada às dores das contrações sofridas no parto, que se repetem e vão se intensificando até ficarem mais fortes, à medida em que se aproxima a vinda do Senhor. Leia Mateus 24.


Além desses eventos, um padrão de comportamento seria notório nos últimos dias. A Palavra de Deus revela que sobrevirão tempos difíceis. Os homens serão egoístas, avarentos, presunçosos, arrogantes, blasfemos, desobedientes aos pais, ingratos, ímpios, sem amor pela família, irreconciliáveis, caluniadores, sem domínio próprio, cruéis, inimigos do bem, traidores, precipitados, soberbos, mais amantes dos prazeres do que amigos de Deus (2 Timóteo 3:1-5).


Jesus advertiu que outros sinais também precederiam à Sua volta e afirmou que somente o Pai sabe quando será este dia. Quanto a nós, importa saber que Cristo voltará, sendo certo o juízo pelo pecado e a recompensa da fé para aqueles que aguardam o Salvador.


Podemos perceber os dias atuais e examiná-los à luz deste contexto profético, mas com o entendimento de que o vírus não é o Senhor do mundo. Deus tem o controle da história e o que devemos fazer é nos voltar para Cristo e estarmos preparados para a Sua volta.


Deus criou o ser humano para uma vida plena em Sua presença e concedeu-lhe livre-arbítrio, pois não pretendia criar seres automatizados, programados a fazer obrigatoriamente a Sua vontade. Mas, o homem optou pelo mau uso dessa faculdade e preferiu distanciar-se do Senhor, atraindo sobre si toda a sorte de males que têm se abatido sobre a terra.


O pecado deve ser a nossa maior preocupação, porque nos separa de Deus, traz consequências terríveis e, a pior delas, a condenação eterna. A Bíblia diz que a incidência do pecado contaminou a todos, indistintamente (Romanos 3:23).


O remédio para este mal é gratuito e está disponível para toda a população mundial, mediante o arrependimento e a fé na Pessoa de Jesus. Em sua morte na cruz, Cristo recebeu o castigo pelas nossas transgressões e, através do Seu sangue, podemos ser purificados de todo o pecado! Sua ressurreição também nos garante que ressuscitaremos com Ele para a vida eterna!


Saber acerca do Juízo vindouro, leva-nos à compreensão clara da urgência do Evangelho e da necessidade da salvação, que é oferecida graciosamente para todo aquele que crê no Senhor Jesus.


"Pois Deus trará a julgamento tudo o que foi feito, inclusive tudo o que está escondido, seja bom, seja mau." (Eclesiastes 12:14)


Mesmo com Cristo passaremos aflições neste mundo mas, com Ele, caminhamos seguros e temos paz com Deus para permanecermos firmes diante de qualquer circunstância.


O conselho bíblico para este tempo é estarmos vigilantes e preparados para a volta de Cristo. Você pode se preparar recebendo-O na sua vida agora e rendendo-se totalmente à Sua vontade, rejeitando tudo o que é contrário aos mandamentos de Deus.


Sabemos também que, cedo ou tarde, deixaremos este mundo e que poderemos ir ao encontro de Cristo antes da Sua vinda. Por isso, devemos estar alertas e permanecer nEle para não nos depararmos com uma realidade sem volta. Hoje, é o tempo propício para levar Deus a sério e nos preparar para a eternidade.


"Da mesma forma, como o homem está destinado a morrer uma só vez e depois disso enfrentar o juízo, assim também Cristo foi oferecido em sacrifício uma única vez, para tirar os pecados de muitos; e aparecerá segunda vez, não para tirar o pecado, mas para trazer salvação aos que o aguardam." Hebreus 9:27-28