Divórcio: seria a solução para a crise no seu casamento?





Recentes pesquisas do IBGE registram o aumento do número de divórcios no Brasil. Este triste quadro reflete a grave crise que aflige os casais fazendo-os escolher o caminho da separação como solução rápida para os conflitos que frustram o sonho de uma vida conjugal plena e realizada. Se você enfrenta uma crise, saiba que há solução bíblica para vencê-la segundo o bom propósito divino para o casamento. 

O casamento é um plano nascido no coração de Deus ao criar “macho e fêmea”, unindo o homem à mulher em uma só carne para serem felizes e fecundos. (Gênesis 1:31). Sendo uma instituição divina, devemos encontrar no Senhor a fonte da sua restauração e felicidade. 

Busque, primeiramente, uma relação íntima com Deus. Ele não apenas criou o casamento, mas também o abençoou e pode intervir na relação dos casais mediante a fé.

Você sabia que o primeiro milagre de Jesus ocorreu em um casamento para o qual foi convidado (João 2.1-11)? 

Procure também conhecer e aplicar os princípios bíblicos ao matrimônio, dentre os quais destacamos alguns:

PERDÃO

Por mais que seja difícil, perdoe seu cônjuge. O Perdão é um ato de amor, misericórdia e graça, não estando relacionado ao merecimento. Trata-se de uma escolha que fazemos em razão do perdão que nós mesmos recebemos de Deus: "Antes, sede uns para com os outros benignos, compassivos, perdoando-vos uns aos outros, como também Deus, em Cristo, vos perdoou" (Efésios 4:32).

COMPREENSÃO

Entenda que seu cônjuge nunca será perfeito. Aprenda a lidar com as suas falhas e procure olhar para si mesmo, começando uma mudança por você. (Mateus 7:5).

PODER DA LÍNGUA

Cuidado com as palavras. Administre os conflitos, aplicando uma linguagem sábia, pois a “morte e vida estão no poder da língua.” (Provérbios 18:21).

AMOR

Ame seu cônjuge. O amor constitui o segundo mandamento e devemos expressá-lo através de palavras e atitudes concretas. Deus provou seu amor por nós, dando-nos a dádiva de Seu Filho. Ao demonstrarmos amor aos outros, podemos seguir o exemplo de Cristo, que deu a Sua vida por nós (1 João 3:16-18).

"O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não trata com leviandade, não se ensoberbece. Não se porta com indecência, não busca os seus interesses, não se irrita, não suspeita mal; não folga com a injustiça, mas folga com a verdade; tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta. O amor nunca falha" (1 Coríntios 13:4-8).

Tenha a certeza de que o divórcio não é a saída divina para os conflitos conjugais.  Creia que o mesmo Deus que instituiu o casamento tem a solução para os tempos de crise. Portanto, convide Jesus a intervir em seu matrimônio e creia em sua manifestação poderosa! Ele disse:

"no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo" (João 16:33).

Empenhe-se em conhecer e seguir as instruções bíblicas, confiando ao Senhor a superação de todas as adversidades e o fortalecimento dessa união para que seu casamento seja uma fonte de bênçãos em sua vida! 


Clame a mim no dia da angústia; eu o livrarei, e você me honrará" (Salmos 50:15).

Precisa de oração? Deixei seu pedido aqui abaixo!

© 2020 Projeto Mente Renovada.

Orgulhosamente desenvolvido por creisconsultoria.com

creis logo.webp