Não abra mão da sua confiança em Deus





A confiança irrestrita em Deus é um dos maiores desafios da vida cristã. A Bíblia nos exorta a vivermos de modo confiante no Senhor, independente das circunstâncias, mas por vezes, somos tentados a desistir, caímos em desânimo, nos sentimos frustrados e incapazes de permanecer firmes nos momentos difíceis da nossa peregrinação neste mundo.

O autor do Livro de Hebreu destaca, na epístola escrita durante o período de intensa perseguição à comunidade cristã, maravilhosas promessas associadas à confiança em Deus:

“Cheguemos, pois, com confiança ao trono da graça, para que possamos alcançar misericórdia e achar graça, a fim de sermos ajudados em tempo oportuno” Hebreus 4:16.


CHEGAMOS A DEUS POR MEIO DE CRISTO


Temos acesso direto ao trono de Deus por meio de Cristo. Ele possibilitou esse caminho e somente por Ele nos achegamos ao Pai:

“Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim.” João 14:6

“Tal é a confiança que temos diante de Deus, por meio de Cristo.” 2 Coríntios 3:4


CHEGUEMOS COM CONFIANÇA AO TRONO DE GRAÇA


Muitos creem em Deus, mas dEle se aproximam com desconfiança. Entretanto, a Bíblia diz que a nossa aproximação deve ser movida pela fé e inteireza de coração.

A confiança guarda relação com o conhecimento sobre a outra pessoa com quem nos relacionamos. Acaso você confiaria seus bens ou a administração de seus negócios a uma pessoa desconhecida que lhe oferecesse uma boa proposta? Certamente que não. 

A confiança em Deus pressupõe o prévio conhecimento da Sua pessoa e a disposição contínua de entregar-lhE o controle de todas as coisas, lançando sobre Ele o cuidado dos  bens, negócios, escolhas, relacionamentos, saúde e tudo o que diz respeito à vida.  

Para conhecermos a Deus precisamos descobrir o que a Bíblia diz ao Seu respeito e experimentá-lo pessoalmente, confiando cada dia aos Seus cuidados. Se conhecermos a Deus, confiaremos nEle.

“Os que conhecem o teu nome confiam em ti, pois tu, Senhor, jamais abandonas os que te buscam.” Salmos 9:10

Quando olhamos para as pessoas incrédulas, que negam a existência de Deus, nos sentimos confortáveis em relação à nossa confissão de fé, mas o Senhor requer de nós um nível maior de confiança em Seu nome.

Isto porque muitos fatores podem abalar a nossa confiança no Senhor. Você já examinou até que ponto ela vai? Se resistiria ao tempo, aos desapontamentos, fracassos, tragédias e doenças?

Devemos examinar o nosso coração para sabermos de que modo temos nos aproximado do Senhor em oração e se temos permanecido firmes na fé, seja no dia bom ou mau.


A FALTA DE CONFIANÇA TEM ASSENTO EM UM CORAÇÃO INCRÉDULO


Quantas vezes você se apresentou a Deus sem confiar na Sua providência, sem acreditar que Ele cuidaria de você e dos problemas pelos quais você orou?  Essa condição revela o quanto o coração está contaminado pela incredulidade, que põe em dúvida o amor, a fidelidade e o poder de Deus.

Não são raros os pensamentos negativos que vêm à mente nos momentos difíceis. Será que Deus realmente me ouve? Será que Deus me conhece e me ama? Será que Deus está preocupado com os meus problemas? Ele não vê o que estou passando? Não vejo como Deus pode resolver essa questão....

São nesses momentos que a incredulidade, comum ao coração do não convertido, passa ocupar lugar no coração de um filho de Deus.  


SEM FÉ É IMPOSSÍVEL AGRADAR A DEUS


A Bíblia diz que tudo o que não é feito com fé é pecado (Romanos 14:23). Assim, como poderemos agradar ao Senhor sem fé? Como receber dEle sem esperar por Sua resposta? Como caminhar sem acreditar no cumprimento das Suas promessas? Sem atentar para as advertências de Suas ordenanças?

A falta de confiança no Senhor ofende a Deus e compromete a Sua manifestação. A incredulidade nos impede de avançar e testemunhar os feitos do Senhor para a glória do Seu nome.

O Senhor Jesus quando voltou à cidade de Nazaré lamentou a incredulidade do povo e não pôde fazer ali nenhum milagre:

“E não conseguiu fazer ali nenhum milagre, a não ser impor as mãos a uns poucos doentes. Ele se admirava da incredulidade deles” Marcos 6:5.

Em outro momento, vemos como o Senhor ficou maravilhado com a fé do centurião romano quando este pediu a Jesus que dissesse apenas uma palavra para que o seu servo fosse curado:

"E, ouvindo isto Jesus, maravilhou-se dele, e voltando-se, disse à multidão que o seguia: Digo-vos que nem ainda em Israel tenho achado tanta fé” Lucas 7:9. 

Um coração confiante e obediente agrada a Deus e atrai sobre nós preciosas promessas:

“Confia no Senhor e faze o bem; habitarás na terra, e verdadeiramente serás alimentado"Salmos 37:3. 


PROMESSAS PARA AQUELES QUE CONFIAM EM DEUS


MISERICÓRDIA


O escritor do Livro de Hebreus enfatiza uma promessa condicional para recebermos a misericórdia de Deus: nos achegarmos perante o Senhor em confiança.

As misericórdias do Senhor são a causa de não sermos consumidos, elas não têm fim e se renovam a cada manhã (Lamentações 3:22,23). Deus é o Pai da misericórdia (2 Coríntios 1:3) e por ela provou o Seu grande amor para conosco, quando ainda estávamos mortos em nossos pecados, dando-nos vida por meio de Cristo.

“Todavia, Deus, que é rico em misericórdia, pelo grande amor com que nos amou, deu-nos vida juntamente com Cristo, quando ainda estávamos mortos em transgressões — pela graça vocês são salvos.” Efésios 2:4-5.

Ao recebermos a Cristo, cremos que somos perdoados e livres da condenação eterna. Mas essa convicção pode ser abalada quando, mais a frente, erramos o alvo e nos desviamos da vontade do Senhor. O peso da culpa nos deixa a sensação de que somos indignos da presença de Deus e do Seu perdão.

No entanto, é preciso ter em mente que Deus está pronto a perdoar, quando nos dispomos a obedecê-lo, dando às costas ao pecado, pois grande é a Sua benignidade. Guarde para sempre este versículo:

“Pois tu, Senhor, és bom, e pronto a perdoar, e abundante em benignidade para todos os que te invocam” Salmos 86:5.


GRAÇA


A graça é um favor de Deus a quem não merece. Não a recebemos por méritos, mas pela bondade de Deus. Ele nos oferece a salvação de graça.

“Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus” Efésios 2:8.

Pela graça experimentamos bênçãos constantes em nossas vidas e somos capacitados a prosseguir e realizar o propósito de Deus.  


AJUDA EM TEMPO OPORTUNO


O tempo para buscarmos a Deus e darmos ouvidos à Sua voz é HOJE. Se assim fizermos, teremos ajuda em tempo oportuno. Não devemos tardar a decisão de buscar a Deus e serví-lo. Se deixarmos de buscá-lo, seremos fortemente abalados nos tempos de luta e despreparados para o combate.

“Hoje, se ouvirdes a sua voz, não endureçais o vosso coração” Hebreus 4:7b.

Em tempo oportuno, que é exclusivo do conhecimento de Deus, Ele virá em nosso socorro, combaterá as nossas guerras e nos concederá a vitória.

“Entrega o teu caminho ao Senhor; confia nele, e ele o fará” Salmos 37:5.

Temos a promessa de que Deus nos ajudará mediante a confiança em Sua ajuda no tempo certo e determinado por Ele.

“O Senhor é bom para todos os que confiam nele. O melhor é ter esperança e aguardar em silêncio a ajuda do Senhor” Lamentações 3:24-26.


ALEGRIA E PAZ


Podemos testar o nível de confiança em Deus pelo modo como expressamos nossos sentimentos. Quem confia, vive alegre e sente paz. Quem não confia teme, fica triste, desanimado e ansioso porque no fundo, em seu íntimo, não crê no cuidado de Deus sobre a sua vida.

A confiança no Senhor gera em nós paz e alegria:

“Que o Deus da esperança os encha de toda alegria e paz, por sua confiança nele, para que vocês transbordem de esperança, pelo poder do Espírito Santo” Romanos 15:13.


RECOMPENSA


Existe uma recompensa para a nossa confiança: sermos testemunhas das maravilhas de Deus, não somente aqui, mas durante toda a eternidade, em Sua presença:

“Não abandoneis, portanto, a vossa confiança; ela tem grande galardão. Com efeito, tendes necessidade de perseverança, para que, havendo feito a vontade de Deus, alcanceis a promessa” Hebreus 10:5.


NÃO ABRA MÃO DA SUA CONFIANÇA EM DEUS


Somos chamados a crer e confiar em Deus em todos os momentos. A confiança não se dá por acaso, nem vem naturalmente, mas nasce e cresce em nosso coração, à medida em que percorremos o processo de busca pelo conhecimento de Deus e da Sua palavra.

Jamais desconfie do amor de Deus, o qual foi demonstrado grandemente pela entrega de Seu próprio filho, Jesus Cristo, para que você não perecesse, mas tivesse a vida eterna (João 3:16). Deus nos concedeu por meio de Cristo o acesso direto ao Trono da Graça.

Hoje é o tempo propício para você avaliar o modo como tem se aproximado de Deus.

Chegue a Deus com um coração confiante no Seu amor. Entregue todo o seu fardo, sem procurar assumir o controle de todas as coisas que só a Ele pertence. Ande por fé, não por vista, a fim de alcançar o cumprimento das Suas promessas (Hebreus 10:38). Empenhem-se em fazer o bem e reconheça o Senhor em todos os seus caminhos para que Ele endireite as suas veredas (Provérbios 3:5-6/ Salmos 37:3). Em tempos difíceis, não ceda ao desânimo, tenha bom ânimo (João 16:33); alegre-se sempre no Senhor (Filipenses 4:4) e caso se sinta só, lembre-se de que a Sua presença o acompanhará por todos os dias da sua vida e que jamais Ele o abandonará (Êxodo 33.14/Mateus 28:20).

Sua confiança tem valor para Deus que a recompensará com graça, misericórdia, ajuda em tempo oportuno e grande galardão!

“Nunca ninguém viu ou ouviu falar de outro Deus além de ti, de um Deus que faz coisas assim em favor dos que confiam nEle “ Isaías 64:4.

Ao meu Salvador dedico toda a minha confiança!




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais antiga Página inicial

Postagens mais visitadas

Entre em Contato Conosco

Nome

E-mail *

Mensagem *

Total de visualizações de página